Pacto de Autarcas

Município de Odivelas não subscreve

A Corrupção

Carla Sofia Marcelino

Não há Políticas de Juventude em Odivelas!

OdivelasTV Entrevista presidente da JSD Odivelas, Carla Marcelino

31 de janeiro de 2016

Newsletter Economia Janeiro 2016

Para que possas estar informado sobre a actualidade da Economia nacional e europeia, aqui fica a edição de Janeiro da nossa Newsletter Economia!

Se quiseres saber mais, convidamos-te a entrar em contacto connosco!

28 de janeiro de 2016

Orçamento de Estado 2016: Snooze


Orçamento de Estado 2016: Snooze
Todos nós passamos por isto no nosso dia-a-dia. Acordamos bem cedo para ir trabalhar, fazer qualquer coisa, ou mesmo não fazer nenhum e o despertador toca. Toca uma vez. Toca outra vez. Não queremos sair da realidade do nosso sonho e o snooze parece ser a nossa melhor alternativa no momento até que temos de abrir os olhos de vez e acordar para a realidade.

Bruxelas avisa António Costa: É preciso cortar mais no déficeAcontece que a nossa máquina não se compara ao Governo e o próprio anda a brincar com o fogo. Se não acordarmos a tempo, chegamos atrasados e podemos ter problemas no trabalho. Se o Governo não acorda a tempo, não é o despertador que não só não pára de tocar, é a própria Comissão Europeia (CE) que lhe está a tentar ligar.


A CE pôs assim as garras de fora e enviou uma carta cordial ao Governo. Já se sabia que Bruxelas não ia aceitar aquelas contas públicas. Não custa nada tentar, ou custa? Dos maiores custos que esta brincadeira tem para o país serão:

1. Perda de tempo: Se as coisas podem ficar bem feitas à primeira tentativa, porquê ter de fazer o trabalho duas e três vezes? Os irrealismos, inconsistências e previsões demasiado optimistas custam tempo. O OE16 será sempre aprovado pela maioria de esquerda, mas pode não ser aprovado pelo nosso patrão; e,

2. Custo de Oportunidade: Não basta serem bem feitas. Não faças amanhã o que devias fazer hoje. Cada dia que passa em que o país não sofre as devidas reformas estruturais custa muito dinheiro aos cofres públicos (como sempre). Se os outros não o fizeram, aproveitem e sejam o exemplo!.

O Snooze é um vicio, e como qualquer vício, é um mau vício. Neste momento, o snooze apenas adia o inevitável, a aprovação Europeia do nosso OE16, e se o nosso patrão não estiver contente com os nossos esforços, a nossa carreira profissional e política pode estar em risco para com os outros stakeholders.

Não custa nada tentar Sr. Primeiro Ministro, mas não havia necessidade.

8 de janeiro de 2016

Urgente dar Vida aos Mercados em Odivelas!

A JSD Odivelas defende que os Mercados Municipais devem estar ao serviço da população, incluindo a população mais jovem, nas suas melhores condições. Estes espaços devem adaptar-se, modernizar-se e transformarem-se em polos atractivos de comércio, serviços de restauração e venda de produtos tradicionais. É urgente reconstruir e reabilitar estes Mercados, usando todo o seu potencial!
Por isso, preparámos uma proposta de Recomendação que foi apresentada nas bancadas do PSD nas Freguesias de Ramada-Caneças e Odivelas. Os Mercados existentes nestas duas freguesias estão degradados e precisam de uma nova vida!
Fica aqui a nossa proposta, que foi apresentada ao Executivo:







Proposta de Recomendação
“Dar vida aos Mercados em Odivelas!”

Considerando que:
A Assembleia Municipal de Odivelas através da sua Comissão de Assuntos Económicos e Financeiros apresentou no passado dia 5 de Novembro o “Relatório sobre Mercados e Feiras Municipais do Concelho de Odivelas”, mediante o qual, identificou existir necessidade de repensar o papel dos mercados e feiras no concelho de Odivelas, e de preservar estas estruturas;
Existem 5 mercados municipais no concelho de Odivelas, cuja gestão está delegada nas Juntas de Freguesia, localizados em Odivelas, Caneças, Pontinha, Póvoa de Santo Adrião e Olival Basto;
Foram identificadas neste Relatório diversas deficiências no funcionamento destes mercados, mas também, pontos positivos e distintivos face a outras ofertas, como supermercados/hipermercados;
A actividade económica deve adaptar-se à realidade actual e é atribuição das autarquias locais a dinamização e promoção da economia local, da cultura e das tradições locais;
Está previsto no orçamento municipal a adjudicação de projectos de requalificação dos mercado de Odivelas e Caneças, mas não se prevê existir orçamento para a recuperação do mercado da Pontinha que, segundo o Relatório acima identificado, depende de acordo com a Câmara Municipal de Lisboa.
Assim, a Assembleia da União de Freguesias de Ramada e Caneças/ Odivelas, reunida em sessão ordinária no dia 16 de Dezembro de 2015, recomenda que o executivo da Junta diligencie junto da Assembleia Municipal e da Câmara Municipal de Odivelas, para que:
A).   Seja apresentado com celeridade um projecto para o Mercado de Caneças/ Odivelas, que assegure a continuidade e evite a maior degradação desta importante estrutura do concelho e, se possível, apoiado no Quadro Estratégico Comunitário 2020;
B).   No projecto se contemple a prestação dos serviços já existentes (venda de produtos alimentícios ao público), assim como e, se possível, de serviços de restauração e de bar, por forma a que o espaço se torne mais moderno e dinâmico, atraindo populações mais jovens a frequentar o espaço;
C).  Se analise exemplos como o Mercado da Ribeira ou o Mercado de Campo de Ourique, ambos no concelho de Lisboa, como forma de adaptar um modelo semelhante de “tasquinhas” ao Mercado de Caneças;
D).   Promova o espaço com actividades culturais e recreativas, aproveitando as festividades municipais e nacionais;
E).   Adapte o horário de funcionamento do mercado, alargando a hora de encerramento especialmente às sextas-feiras, sábados e domingos, de forma a que possa ser utilizado pela população em horário de jantar;
F).   Se crie um site para divulgar os serviços do Mercado de Caneças/ Odivelas, a sua localização a agenda de actividades;
G).  Utilize o Mercado de Caneças/ Odivelas como instrumento de promoção da cultura, da gastronomia e das tradições da Freguesia e do Município de Odivelas.

3 de janeiro de 2016

Newsletter Economia Dezembro 2015

Para que possas estar informado sobre a actualidade da Economia nacional e europeia, aqui fica a edição de Dezembro da nossa Newsletter Economia!



30 de dezembro de 2015

Almoço de Natal 2015



No dia 20 de dezembro, a JSD Odivelas realizou o tradicional almoço de Natal com os seus membros, prolongando-se o convívio pela tarde.
Como já é tradição, a secção de Odivelas elege um restaurante do conselho para fazer a sua festa. Este ano, teve lugar no restaurante “Floresta” na Póvoa de Santo Adrião.
Durante o almoço foi exibido um filme, sobre todas atividades que têm vindo a ser desenvolvidas e realizadas durante o mandato em curso.

Foi pedido aos convidados que levassem um presente, para que no final do almoço se procedesse a troca de prendas. Entre os convidados encontrava-se Susana Duarte, vice-presidente da JSD Oeiras e Miguel Pinheiro, Secretário-geral da JSD Amadora a quem agradecemos a sua presença. 



Esperamos realizar novas iniciativas de convívio, pois é uma excelente oportunidade de confraternização.

22 de dezembro de 2015

O tempo de antena que Sócrates ainda julga ter


Não é novidade nenhuma que o antigo primeiro ministro José Sócrates sempre gostou de ter tempo de antena. 

Já lá vão anos desde o seu mandato e seja por que motivos for, adora ser falado. Em jeito popular é quase como o ditado: "falem bem ou mal, mas falem de mim". 
Inacreditável é a postura de senhor que transparece sempre como se de um imaculado se tratasse. 
Pois bem, desabafos à parte, o senhor vaidoso tentou mais uma vez dar o ar da sua graça criticando a candidatura presidencial de Marcelo Rebelo de Sousa. Evocando assim que seria uma candidatura de "Cavaco Silva 2". Possivelmente esperaria uma onda de picardias e galhardetes. 
O que é certo é que o Professor Marcelo desvalorizou por completo tal afirmação e manteve-se focado no seu projecto de campanha. 

O candidato tem adoptado uma postura correcta evitando tecer qualquer tipo de comentário ao que os outros candidatos afirmam e questões internas dos partidos. 

Tentativa falhada "Sr. Engenheiro"

.


9 de dezembro de 2015

Newsletter de Economia